Arqueologia e História

Universidade de Coimbra

Pelas suas especificidades técnicas e metodológicas, a formação em Arqueologia requer a aquisição e concretização de um conjunto de competências próprias, de campo (prospecção e escavação) e de laboratório (tratamento de dados), de assinalável componente prática, bem assim como o domínio dos principais quadros interpretativos. A transversalidade de perspetivas adotadas proporcionará não só uma mais rica e sólida formação em termos científicos, como alarga os horizontes em termos de empregabilidade, seja nas designadas “Arqueologia de Salvamento” e “Arqueologia de Projecto”, seja na “Museografia” e o “Arqueoturismo”.